mobil mp3
1. OBJECTIVOS DO CURSO
 
 
1.1  OBJECTIVO GERAL
 
Formar profissionais superiores(Engenheiros Rurais) equipados com conhecimentos e técnicas em infraestruturas rurais de apoio à produção agrária melhorando deste modo as condições de vida das populações no meio rural.
 
1.2 OBJECTIVOS ESPECÍFICOS
Especificamente, o curso visa formar profissionais capazes de: 
- Fazer o planeamento e ordenamento territorial rural visando o uso sustentável dos recursos, em particular o solo e a água; 
- Planificar, projectar, implementar e gerir infra estruturas rurais (instalações, represas, estradas terciárias, etc.) para a produção agrária; 
- Explorar de forma sustentável sistemas de produção agrária tais como como obras hidráulicas (abastecimento de água, rega e drenagem e saneamento rural) equipamento agrícola, tracção animal e sistemas de aproveitamento de energias renováveis que garantem o aumento da produção.
 
2. DURAÇÃO DO CURSO
 
O curso de Licenciatura em Engenharia Rural  tem a duração de quatro anos, ou seja, oito semestres lectivos, conforme o preconizado na Lei do Ensino Superior em Moçambique (Lei no 27/2009 de 29 de Setembro) e no Quadro Curricular da UEM. O calendário anual está estruturado em dois semestres de 21 semanas cada, divididos em:
  • Semestres sem Práticas de Produção: 16 semanas de aulas, uma semana de preparação para as avaliações finais e quatro semanas de realização das avaliações finais. 
  • Semestres com Práticas de Produção: 15 semanas de aulas, três semanas de realização das avaliações finais e três semanas para a realização das actividades práticas (sendo duas para o trabalho de campo e uma para compilação e defesa dos relatórios).
3. FORMAS DE ADMISSÃO
 
São admitidos ao curso de licenciatura em Engenharia Rural estudantes com 12ª Classe do Ensino Geral ou equivalente desde que sejam aprovados no exame de admissão nas disciplinas de Matemática e Física/Química, com um peso de 50% para cada.2. Duração do Curso
O curso de Licenciatura em Engenharia Rural  tem a duração de quatro anos, ou seja, oito semestres lectivos, conforme o preconizado na Lei do Ensino Superior em Moçambique (Lei no 27/2009 de 29 de Setembro) e no Quadro Curricular da UEM. O calendário anual está estruturado em dois semestres de 21 semanas cada, divididos em:
  • Semestres sem Práticas de Produção: 16 semanas de aulas, uma semana de preparação para as avaliações finais e quatro semanas de realização das avaliações finais. 
  • Semestres com Práticas de Produção: 15 semanas de aulas, três semanas de realização das avaliações finais e três semanas para a realização das actividades práticas (sendo duas para o trabalho de campo e uma para compilação e defesa dos relatórios).